.posts recentes

. Porquê?

. Luz... do luar

. Saudade...

. Iludimo-nos ou desiludem-...

. As fotos que não tirei!

. Meu DEUS... porquê?

. Desencontro...

. Enquanto é tempo...

. Eu queria ser...

. A vida é um livro

.arquivos

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

Domingo, 31 de Dezembro de 2006

Ano Novo!

Dentro de pouco tempo vem aí um Novo Ano!

Aqui e ali as pessoas comemoram!

Mas o que comemoram as pessoas?

As dificuldades que ultrapassaram? Os momentos menos bons que superaram?  A saúde de que desfrutaram? O emprego que tiveram? A estabilidade? O carinho e a companhia dos familiares e amigos? A amizade? O amor?

Ou será que (quase) nada disso é valorizado e a comemoração constitui, um apelo à realização de sonhos utópicos situados, algures, num futuro distante e incerto?

Pior, ainda, é se festejam (por vezes, com excessos), para esquecer durante, pelo menos, escassas horas, mágoas, dependências, submissões, falta de coragem, ...

A nossa vida é um caminho! Um caminho  de sentido único! Nem marcha atrás é permitida! O que foi feito foi feito e o que não se fez perdeu-se, definitivamente!

Não vivemos no passado nem no futuro! Nem sequer no hoje! Apenas no ínfimo instante que duram um sorriso, um olhar, um olá, uma carícia, um beijo! Bens duradouros que não se encontram disponíveis no mercado de transacções! Não se compram nem se vendem, apenas se dão! E se forem verdadeiros são como as pérolas: eternas!  Duram para sempre!

Hoje, não quero falar de hipocrisia, não!

Quero acreditar nas pessoas!

Quero pensar, apenas, que na incredulidade, no cepticismo, no preconceito, no egoísmo, na arrogância,... com que nos deparamos ao longo do ano, há uma história de vida que contribuiu para petrificar esses corações! 

Saibamos, então,  usar o escopo infalível da amizade e do amor e, dessas pedras toscas, surgirão diamantes lapidados que reluzirão, também!

 

publicado por disa às 23:45
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO

.subscrever feeds